5 Dicas para melhorar o desempenho do Windows 8

5 Dicas para melhorar o desempenho do Windows 8

O Windows 8, é certamente o sistema operacional mais rápido já desenvolvido pela Microsoft. Mas assim como nas versões anteriores, sempre existe aquela “dicasinha” para tornar as coisas ainda mais rápidas. Dúvida? Então bora arregaçar as mangas que o Operários da Web preparou mais um tutorial bacana para você. Confere aí:

1)  Desativar as animações e ganhar tempo

O Windows 8 (assim como o Windows 7) é recheado de animações de exibição. Tem animação para minimizar, maximizar, abrir ou fechar as janelas dos aplicativos. As animações são até bonitinhas para se ver, mas em geral servem apenas para te custar tempo. Para melhorar isso, você pode desativar as animações, e assim as transições de janelas vão acontecer instantaneamente, eliminando a demora.

Para desativar as animações, pressione a tecla WIN + X, e no menu que abrir a esquerda do seu monitor selecione a opção “Sistema”. Na janela que abrir, escolha a última opção da listagem a esquerda, que deve estar nomeada como “Configurações Avançadas do Sistema”. Na guia “Desempenho”, clique em “Configurações” e desmarque as seguintes opções:

como-melhorar-desempenho-1

Você também pode desabilitar algumas outras funções que você considere “frescura” no seu sistema. Caso você realmente não se importe com a parte visual, e queira apenas ver o seu sistema rápido, você pode marcar a opção “Ajustar para obter um melhor desempenho” e isso fará com que todos os efeitos visuais sejam desativados.

2) Identificar os aplicativos que consomem mais recursos

O novo gerenciador de tarefas do Windows 8 permite que você possa identificar facilmente quais os programas estão deixando seu computador mais lento. Para abrir o Gerenciador de Tarefas, tecle CTRL+ALT+DEL e em seguida em “Gerenciador de Tarefas”. Para que possamos saber quais os programas estão consumindo mais recursos, clique em “Mais Detalhes” e será lhe apresentado a interface completa do gerenciador.

como-melhorar-desempenho-2

As aplicações que utilizam uma grande quantidade de recursos estarão em destaque, sendo assim, você pode clicar em “Finalizar tarefa”, caso a mesma não esteja em execução. Caso algum software em execução apresente um uso elevado de Memória, considere fechá-lo e abri-lo novamente.

3)  Gerenciar os programas de inicialização

Ainda no Gerenciador de Tarefas, você escolher facilmente os programas que iniciam com o computador. Para isso, clique na aba “Inicializar” do Gerenciador de Tarefas para acessar essas opções.

como-melhorar-desempenho-3

O Windows também analisa o impacto de cada programa no tempo de inicialização do Windows. Para saber quais são os “vilões” do seu boot, clique em “Impacto na Inicialização” para que os programas sejam ordenados por tempo de carregamento e desabilite os que possuem impacto “Alto” e (opcionalmente) “médio”. Assim estamos impedindo que programas pesados iniciem junto com o Windows, o que acelera (e muito) o processo de inicialização do Sistema.

4)  Coloque seu computador para dormir

Um dos aspectos mais controversos do Windows 8 é a opção de “Hibernar” estar oculta. A Microsoft quer incentivá-lo a usar o modo “Suspender” ao invés de desligar seu computador. Quando você usa essa opção, o computador entra em um estado muito baixo consumo de energia que utiliza apenas energia suficiente para manter seus programas e arquivos abertos ativos na memória RAM do seu computador. Quando você voltar para o seu computador, ele vai retomar a sua área de trabalho quase que imediatamente. Usando a opção “Suspender” ao invés de desligar você vai acelerar dramaticamente as coisas quando você se sentar na frente do computador.

No entanto, a opção “Suspender” faz com que o computador permaneça ligado, e isso pode ser um problema caso você possua um laptop (cujo a bateria é limitada). Nesse caso, a melhor opção seria “Hibernar”, pois com ela, o Windows pega todas as informações presentes na memória RAM da sua máquina e joga para o disco rígido. E depois desliga o seu computador. Mas ao iniciar, ele pega novamente as informações do disco rígido e insere na memória RAM, fazendo com que você tenha a impressão que o seu computador estava ligado o tempo todo.

como-melhorar-desempenho-4

Para que a opção “Hibernar” esteja disponível em sua máquina, tecle WIN+X, e em seguida escolha “Opções de energia”. Na janela que abrir, clique em “Escolher função dos botões de energia”, localizado na lista ao lado esquerdo da janela, e em seguida clique em “Alterar configurações não disponíveis no momento”. E por fim, em “Configurações de desligamento”, marque a opção “Hibernar” e clique em “Salvar alterações”. Pronto! A opção para hibernar a máquina já aparecerá no menu de desligamento.

5)  Controle do Windows Indexing

O serviço de indexação do Windows verifica automaticamente os arquivos em seu computador e monitora-os quanto suas alterações, permitindo que você possa encontrar rapidamente um arquivo quando usar o “procurar” disponível no Windows. No entanto, o Indexing usa boa parte do seu poder de processamento para fazer o serviço dele, e se você não costuma utilizar a pesquisa do Windows, o ideal é que você desative-o.

Tenha em mente que ao desativar o indexador do Windows, a velocidade das suas pesquisas vai cair consideravelmente, mas em compensação você vai notar uma melhora ao usar o computador no dia-a-dia.

como-melhorar-desempenho-5

Para desativar o Indexador, tecle WIN+R para abrir o menu executar. Ao abrir, digite “services.msc” (sem aspas) e tecle Enter . Role para baixo na lista, e localize o serviço “Windows Search”. Clique com botão direito nele e selecione “Propriedades”. Na janela que abrir, clique em “Parar”, e pronto!

Por hoje é só pessoal! Você tem outras dicas para melhorar o desempenho do Windows 8? Deixe um comentário e compartilhe conosco!

 

Até a próxima ;)

NO COMMENTS

Leave a Reply